Polícia

Polícia apresenta integrantes de quadrilha que explodiu banco em MS

O grupo levou mais de R$ 1milhão 

Midiamax Publicado em 30/06/2016, às 21h55

None
agencia1.jpg

O grupo levou mais de R$ 1milhão 

Quatro envolvidos no roubo cinematográfico a uma agência do Banco do Brasil em Sonora, a 366 quilômetros de Campo Grande, foram presos e serão apresentados pela polícia na tarde desta sexta-feira (1ª) na sede do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros). O crime que aterrorizou a cidade aconteceu no dia 18 de abril.

De acordo com a Polícia Civil, dois dos presos participaram diretamente do roubo e os outros deram apoio à quadrilha. A polícia também identificou outros três envolvidos que já estão com os mandados de prisão decretados. Ainda é apontada a participação de mais dois autores

Além dos suspeitos, explosivos que foram usados para arrombar dois cofres do banco foram apreendidos pelas equipes de investigação.

Caso

Na madrugada do dia 18 de abril, a quadrilha explodir a única agência do Banco do Brasil de Sonora, atirou em prédios públicos e furtou mais de R$ 1 milhão de dois cofres do local. Na data o delegado Fábio Peró, do Garras, explicou que bando usava o estilo ‘cangaço’ para cometer o crime.

“Eles fecham a cidade e metralharam a sede da polícia enquanto um grupo entra no banco. Neste caso, eles não mexeram nos terminais eletrônicos, explodiram a lateral do banco para levar o dinheiro dos cofres”. A agência ficou completamente destruída e os suspeitos fugiram para outro estado. 

Jornal Midiamax