Polícia

PMA flagra aves silvestres e armas e multa infrator em R$ 3 mil

A apreensão ocorreu na manhã desta quarta-feira

Midiamax Publicado em 21/12/2016, às 20h14

None
img-20161221-wa0007.jpg

A apreensão ocorreu na manhã desta quarta-feira

A PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu, na manhã desta quarta-feira (21) seis aves silvestres que eram mantidas em cativeiro por um homem de 62 anos em Nova Andradina – distante cerca de 297 km da Capital -. Além das aves, a polícia apreendeu um rifle calibre 22, uma espingarda calibre 28, uma garrucha calibre 32, uma rifle e uma pistola de pressão modificados para calibre 22, nove cartuchos calibre 36 e duas munições calibre 44. Nenhuma das armas e munições possuía documentação. Ele foi autuado em R$ 3 mil.

"A equipe avistou as aves em uma área nos fundos da residência e ao fiscalizar, o infrator afirmou que não possuía autorização ambiental para a posse dos pássaros. Foram apreendidos seis pássaros-pretos, um sabiá e seis gaiolas. Durante a apreensão das aves e gaiolas, um policial avistou uma espingarda em um cômodo da residência. O infrator informou não possuir documentação da arma e, perguntado se possuía mais armamento, entregou ao todo cinco armas e munições", afirma a PMA.

Ele foi conduzido para a Delegacia da Polícia Civil em Nova Andradina. Lá, foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma, agravada pela posse de munição de uso restrito e por crime ambiental. Se for condenado, pode pegar de três a seis anos de reclusão e multa.Os pássaros serão encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital.

Jornal Midiamax