Polícia

PM aborda caminhão e descobre R$ 60 mil escondidos no ‘mocó’

Veículo seria utilizado para contrabando de cigarro

Midiamax Publicado em 14/11/2016, às 17h47

None
dinheiro.jpg

Veículo seria utilizado para contrabando de cigarro

Um homem de 35 anos foi preso no final da tarde de domingo (13) com R$ 60 mil não declarados escondidos no “mocó” de um caminhão baú com sinais de adulteração e destinado ao transporte de cigarro. A prisão ocorreu durante abordagem de uma equipe do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), em Aral Moreira, distante 371 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a corporação, eram 17h30 quando os militares decidiram abordar o caminhão VW/8-120, branco, com placas de Botucatu-SP. Ele estava estacionado na frente de um supermercado da cidade e a reação do motorista gerou suspeita por parte dos policiais.

Segundo a PM, o homem informou que que iria pegar um devolução no local, mas entrou em diversas contradições. Foi realizada uma vistoria no veículo, que exalava forte cheiro de tinta na lateral interna do baú.

Policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) deram apoio à abordagem e confirmaram a adulteração, apontando ainda a existência de um esconderijo “mocó”. Na cabine, um fundo falso tinha R$ 60 mil em espécie, dinheiro não declarado que o motorista do caminhão alegou desconhecer a existência.

Às autoridades policiais, o motorista do caminhão informou que iria busca uma carga de cigarro em Aral Moreira com destino a Botucatu-SP. Motorista e caminhão foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã.

Jornal Midiamax