Polícia

‘Pica-Pau’ é preso ao se passar por dono de frota e enganar motoristas

Ele oferecia emprego e fugiu com R$ 200 das vítimas 

Midiamax Publicado em 28/10/2016, às 22h13

None
frota.jpg

Ele oferecia emprego e fugiu com R$ 200 das vítimas 

A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (28) Raimundo Alves de Andrade Júnior, de 24 anos, vulgo Pica-pau, por aplicar diversos golpes em Mato Grosso do Sul. Fingindo ser proprietário de uma frota de caminhões, o suspeito atraia motoristas com propostas de emprego, os fazia pagar R$ 200 por um curso falso e fugia com o dinheiro.

A prisão foi feita por equipes da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga depois que três novas vítimas procuraram a delegacia. Segundo o delegado Cleverson Alves, ‘Pica-Pau’ se passava por empresário e contatava vítimas que procuravam emprego como motorista.

Alegando ser dono de uma frota de caminhões, ele explicava que para trabalhar com ele os motoristas precisavam participar de um curso de especialização, que custava R$ 200. Depois de receber o dinheiro, o suspeito sumia.

Conforme o delegado, Raimundo aplicou o golpe em várias cidades do Estado. “Ontem ele foi indiciado em três inquéritos do mesmo crime na 4ª Delegacia de Polícia Civil, foi ouvido e liberado e nesta sexta-feira fez mais três vítimas”, afirmou Cleverson.

‘Pica-Pau’ foi preso em flagrante e levado para a delegacia. “Já pedi a prisão preventiva dele”, detalhou o delegado. O número total de vítimas que caíram no golpe ainda não foi divulgado pela polícia e o caso segue em investigação. 

Jornal Midiamax