Polícia

Paulista denuncia e Denar ‘derruba casa’ de dois traficantes do Guanandi

Na casa os agentes encontraram maconha e cocaína

Ludyney Moura Publicado em 22/01/2016, às 11h54

None
img-20160121-wa0028.jpg

Na casa os agentes encontraram maconha e cocaína

Uma denúncia de uma mulher detida na cidade de Presidente Epitácio (SP), levou os investigadores da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) a prender em flagrante, ontem, quinta-feira (21), dois traficantes que revenderam a droga para a cidadão paulista e que atuavam na Capital na região do Bairro Guanandi.

De acordo com o delegado da Denar, Rinaldo Moreira, agentes da Policia Civil paulista entraram em contato com os colegas sul-mato-grossenses informando que a mulher presa em Presidente Epitácio revelou que comprou a droga em Campo Grande, na Rua Ipiguá, no Bairro Guanandi, de um traficante conhecido como ‘Neguinho’.

De posse das informações, os policias da Denar descobriram que ‘Neguinho’ era a alcunha de Felipe Souza Ferreira Lopes, encontrado no mesmo endereço fornecido pela traficante paulista. Os investigadores da Policia Civil o encontraram em casa, na Rua Ipiguá, juntamente com um outro homem, Jeferson Fernando Batista de Araújo.

Na residência, alugada para esconder a droga, os agentes encontraram duas balanças digitais, duas motocicletas e 53 tabletes de maconha, totalizando 46,3 kg do entorpecente, que Felipe alegou ser o proprietário.

Ainda durante as buscas, os policias descobriram no guarda-roupa da casa, uma caixa de sapatos com três porções de cocaína e um casaco com mais 90 papelotes da mesma droga, quase 200 gr do entorpecente, que Jeferson alegou ser de sua posse.

Com Neguinho havia ainda R$ 353 em dinheiro trocado, e outros R$ 280 com Jeferson, que a polícia acredita que sejam oriundos da venda da droga. A dupla foi autuada em flagrante delito por Tráfico e Associação ao Tráfico de Drogas.

Jornal Midiamax