Polícia

Mulher morta encontrada em rodovia teria sido esfaqueada depois de “roda de cachaça”

Autores foram presos pela polícia

Thatiana Melo Publicado em 01/08/2016, às 15h00

None
mulher_esfaqueada_na_barriga_dd.jpg

Autores foram presos pela polícia

Os dois suspeitos pela morte de Elza Oliveira, de 23 anos, na manhã desta segunda-feira (1º), em Dourados localizada a 235 quilômetros de Campo Grande, foram presos no fim da manhã pela policia civil da cidade.

Bastião Dias, de 27 anos, o marido da vítima e Dualiso Gonçalves Porto, de 18 anos, conhecido como ‘borboleta’, foram presos e afirmaram aos policiais que passaram a noite bebendo com a vítima, mas negaram a autoria do crime.

Ainda de acordo com informações do site Dourados News, a polícia suspeita que o marido de Elza tenha deferido o golpe de faca e que ‘borboleta’ teria segurado a vítima, mas ainda não há confirmação dos fatos.

Os suspeitos negam a autoria do crime, mas foram autuados por feminicidio.

Jornal Midiamax