Polícia

Mulher é encontrada morta, com calcinha abaixada

Caso vai ser investigado pela Delegacia da Polícia Civil de Rio Verde

Midiamax Publicado em 28/02/2016, às 16h04

None
morta_rioverde.jpg

Caso vai ser investigado pela Delegacia da Polícia Civil de Rio Verde

Uma mulher, de 54 anos, já identificada como Joana Santiago, foi encontrada morta, com a calcinha abaixada, na manhã deste domingo (28), em Rio Verde do Mato Grosso – cidade a 208 quilômetros de Campo Grande.

O corpo foi encontrado em em quintal, de uma travessa do Bairro Paraíso Cacerense, já sem vida. A mulher estava deitada de bruços e vestia um vestido florido. A calcinha dela estava abaixada, o que chamou a atenção da polícia.

Entretanto, segundo o delegado José Roberto de Oliveira Júnior, apesar de o corpo não estar vestido com a peça íntima, a mulher, aparentemente, não sofreu violência sexual e/ou outro tipo de violência. “Aparentemente não foi constatado sinal de violência. O corpo já foi liberado e encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Coxim, para a realizar a pericia necroscópica, na qual poderá fazer uma avaliação mais apurada e checar sinais de morte violenta”, explicou o delegado.

O delegado disse ainda ao Jornal Midiamax, que um familiar confirmou para a polícia que a mulher era usuária de medicamento controlados, o que se levantou a hipótese, de ela sofrer de algum tipo de doença ou transtorno mental.

O caso vai ser investigado pela Delegacia da Polícia Civil de Rio Verde.

Jornal Midiamax