Crime ocorreu em

Zaro Vargas de Souza, de 26 anos, morto a golpes de canivete em Rio Brilhante, cidade a 158 quilômetros de Campo Grande, teria se envolvido com uma mulher casada. Conforme a polícia, o marido da mulher é suspeito de ter cometido o crime, que segue em investigação.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o sobrinho de Zaro informou aos policiais que o tio teve um desentendimento com um homem, conhecido como ‘Polaco'. Segundo a testemunha, Zaro teria se envolvido com a mulher do suspeito e os dois foram vistos conversando minutos antes do .

Até o momento, não há informação se alguém foi preso pelo homicídio, que é investigado pela Polícia Civil do município.

O crime

Na madrugada deste domingo (6), por volta das 2h15, Polícia Militar foi acionada para ir até a praça central da cidade, onde havia ocorrido o homicídio. Os militares acionaram Polícia Civil e Perícia, após confirmarem os fatos. Zaro foi encontrado caído no chão, sem vida, com vários ferimentos pelo corpo, provocados por objeto cortante, possivelmente um canivete.

Segundo a polícia, foram contabilizados 16 golpes no corpo da vítima. O caso foi registrado como homicídio simples.