Polícia

Membro do PCC fugiu pelo telhado antes de morrer em troca de tiros

Ele usava uma espingarda

Renata Portela Publicado em 22/11/2016, às 11h17

None
armas.jpeg

Ele usava uma espingarda

Jefferson Barbosa, de 34 anos, o ‘Dimenor’, teria tentado fugir pelo telhado da residência e portava uma espingarda calibre 12 quando trocou tiros com policiais em Coronel Sapucaia, a 389 quilômetros da Capital. Apontado como membro do PCC (Primeiro Comando da Capital), Jefferson morreu ao trocar tiros com militares do DOF (Departamento de Operações de Fronteira).

Segundo informações do departamento, equipes foram acionadas para darem apoio a policiais da Polícia Civil e Polícia Militar de Amambai e Coronel Sapucaia. Uma casa onde supostos integrantes do PCC estariam foi cercada e os militares do DOF entraram na residência.

Assim que entraram, dois homens que portavam fuzis foram detidos. Os militares identificaram Jefferson, que saiu pelo telhado e atirou contra os policiais, entrando na casa vizinha. Foi feito novo cerco policial e equipe entrou na casa vizinha. Segundo o DOF, ‘Dimenor’ ficou acuado em um cômodo, com a espingarda em mãos, e atirou contra os policiais, que revidaram.

Atingido, Jefferson foi socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu ao ferimento. De acordo com o DOF, ele era considerado um dos chefes do tráfico na região de fronteira e integrante do PCC. Ele ainda seria acusado de atentados contra autoridades paraguaias. Na operação, três homens foram presos e três fuzis 5.56 apreendidos.

Jornal Midiamax