Polícia

Marquise de tapeçaria desaba durante chuva e mata trabalhador prensado

Ele trabalhava há 15 dias no local

Renata Portela Publicado em 11/05/2016, às 11h03

None
640x480x4-57324b813ec1153b5e0ea4c9795b439c7b11a89ee65e2.jpg

Ele trabalhava há 15 dias no local

Na tarde de terça-feira (10), Aroldo Ruiz Ximenez, de 52 anos, morreu após a marquise da tapeçaria onde trabalhava cair sobre ele. O fato ocorreu em Dourados, cidade a 225 quilômetros de Campo Grande, e chovia forte na hora do acidente.

Durante a chuva, a marquise da tapeçaria desabou e Aroldo foi prensado. Ele trabalhava na reforma de estofados e atuava há 15 dias no estabelecimento. Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a vítima não resistiu e morreu antes da chegada do socorro.

Conforme o Dourados Agora, o proprietário da loja não soube explicar o motivo da queda da marquise e parte da parede, mas disse ter ouvido um forte barulho antes de tudo ir ao chão. Polícia Civil deve investigar as causas da queda da marquise.

Jornal Midiamax