Polícia

Homem encontrado boiando é identificado como trabalhador fluvial desaparecido

A vítima foi encontrada 6 dias depois

Midiamax Publicado em 12/09/2016, às 21h34

None
i_1.jpg

A vítima foi encontrada 6 dias depois

O homem encontrado boiando nesta segunda-feira (12) no Rio Paraguai, nas proximidades da Ilha da Pimenteira, a cerca de 57 Km de Corumbá, foi identificado como José Rodrigues Dias tinha, de 60 anos. O trabalhador fluvial era vítima do acidente ocorrido na última terça-feira (6), na Boca da Baía do Saracura.

Segundo o site Diário Corumbaense, José desapareceu na noite do dia 6 de setembro, quando encostou em uma grade que não estava devidamente trancada e caiu no rio. O comandante da embarcação logo avisou a Marinha que passou a trabalhar, juntamente com os bombeiros, na busca do homem.

Durante a ação foram usadas embarcações da Capitania Fluvial, um navio do Comando da Flotilha de Mato Grosso (ComFlotMT); uma embarcação da Capitania Fluvial do Pantanal (CFPN) e um helicóptero do 4°Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (HU-4. Além disso, mergulhadores, totalizando cerca de 80 militares do Comando do 6° Distrito Naval, realizaram buscas na região.

Este será o segundo caso do mês relacionado a afogamento no rio Paraguai. No dia 1º de setembro, o piloteiro Leonel Santiago de Souza, de 55 anos, desapareceu nas águas do rio após colisão entre embarcações na região do Aterradinho, no rio Negrinho, que fica distante cerca de duas horas e meia, por via fluvial, da área urbana corumbaense.

O corpo foi localizado dois dias depois, a uma distância aproximada de 15 quilômetros do local onde havia acontecido o acidente, depois de boiar e ser levado pela correnteza.

Jornal Midiamax