Polícia

Garras prende dupla de estelionatários que aplicava golpe em oficinas

Os dois se apresentavam como 'federais' a mecânicos

Thatiana Melo Publicado em 21/01/2016, às 14h54

None
garras.jpg

Os dois se apresentavam como 'federais' a mecânicos

Durante uma operação deflagrada por policiais do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestro), na tarde desta quarta-feira (20) para cumprir mandados de prisão, os agentes identificaram e prendem dois homens acusados de estelionato, Edson do Vale e Werneck Rondon de Melo Junior, ambos de 52 anos.

Os dois homens tinham como vítimas proprietários de oficinas mecânicas de Campo Grande. A dupla agia da seguinte forma, Edson e Werneck iam até as oficinas mecânicas levando seus supostos veículos para fazer orçamento do conserto dos carros, momento em que apresentavam-se para os proprietários como 'policial federal', ou como 'auditor da receita federal' e ainda como 'fiscal de rendas estadual'.

Logo em seguida ofereciam para as vítimas materiais como ferramentas, máquinas e elevadores para veículos a um preço abaixo do mercado, já que seriam produtos de apreensão feitas pela polícia.

Os estelionatários exigiam um depósito de adiantamento que variava de R$ 2 mil a R$ 5 mil, para a liberação dos equipamentos. Logo após receber o dinheiro, que era depositado em contas abertas pelos autores, as vítimas não conseguiam mais localizar os estelionatários.

Um dos veículos utilizados para a ação foi adquirido de um foragido da justiça. Edson do Vale e Werneck Rondon de Melo foram indiciados e responderão em liberdade pelos crimes cometidos.

Jornal Midiamax