Polícia

‘Galo’ é detido depois de ser acusado de invadir casas para acariciar mulheres

Autor invadia as casas e dizia que era para proteger as vítimas

Thatiana Melo Publicado em 05/05/2016, às 12h00

None
homem_coxim_preso.jpg

Autor invadia as casas e dizia que era para proteger as vítimas

Conhecido como ‘Galo’, Alex da Silva Silveira, de 26 anos foi detido nesta quarta-feira (4) acusado de ter invadido várias residências para acariciar as moradoras, na cidade de Coxim distante 245 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site Edição de Notícias, ‘Galo’ escolhia a residência que iria invadir e ficava de campana esperando pela oportunidade de invadir o imóvel para atacar as mulheres. Em alguns casos, o autor esperava a vítima dormir para acariciá-la.

Ainda de acordo com informações, quando as mulheres acordavam e se deparavam com o homem em sua casa ele afirmava que estava na residência para defendê-las, já que tinha visto outra pessoa entrando na residência.

O autor ainda é acusado de ter invadido a residência de uma estudante, de 16 anos e ter acariciado uma universitária na rua. Quando foi detido ‘Galo’ inicialmente teria negado as acusações, mas em seguida teria confirmado ser o autor dos crimes.

Como não foi feito o flagrante, Alex foi ouvido pelos policiais e liberado em seguida. ‘Galo’ tem várias passagens pela polícia.

Jornal Midiamax