Polícia

Foragido, ‘Canadense’ integrante do PCC é preso por falsidade ideológica

Detido foi encaminhado para penitenciária de Amambai

Ludyney Moura Publicado em 26/01/2016, às 14h46

None
canandense_pcc.jpg

Detido foi encaminhado para penitenciária de Amambai

Uma ação conjunta das Policias Civil e Militar de Coronel Sapucaia prendeu na noite de ontem, segunda-feira (25), Dirceu Gomes de Souza, vulgo Canadense ou Bili, integrante da facção criminosa conhecida como PCC (Primeiro Comando da Capital), pelo crime de falsidade ideológica.

Bili, que estava foragido do sistema penitenciário, usava desde 2010 documentos de seu ex-cunhado, identificado como Fábio Lechuga Guimarães Fernandes, que chegou a registrar uma ocorrência em uma delegacia da Capital à época denunciando Dirceu pelo crime.

Ontem, novamente Dirceu quis se passar por seu ex-cunhado, mas estava sem documentos que comprovavam sua identidade. Após minuciosa avaliação dos agentes, o criminoso confessou que era foragido do presídio e que vinha usado nome falso para evitar voltar ao cumprimento da pena, por tentativa de furto e tráfico de drogas. Havia um mandado de prisão contra Canadense também.

Diante dos fatos, Canadense foi novamente preso, desta vez pelo crime de falsidade ideológica, e encaminhado para a penitenciária de Amambai. 

Jornal Midiamax