Polícia

Fazendeiro vê filho morto e suspeita de infarto até PM descobrir homicídio

Caso é investigado

Renata Portela Publicado em 04/09/2016, às 16h30

None
assassinato-em-arapua-2-1024x659.jpg

Caso é investigado

Raimundo Ferreira Lima Filho, de 52 anos, foi vítima de homicídio no distrito de Arapuá, em Três Lagoas, a aproximadamente 350 quilômetros da Capital. Ele foi encontrado morto pelo pai, que é fazendeiro no município, e que não suspeitou de assassinato até que a polícia fosse ao local e descobrisse o crime.

De acordo com a polícia, Raimundo e o pai dormiam na fazenda, no distrito, e ao ir até o quarto do filho na manhã de sábado (3), o homem o encontrou já sem vida. Raimundo estava com o rosto ensanguentado, mas o homem achou que ele teria sofrido um infarto e foi atrás dos outros filhos, comunicando a morte natural.

Uma das testemunhas acabou acionando a Polícia Militar, que foi ao local e constatou homicídio. Não foram encontradas digitais ou qualquer coisa que pudesse identificar a autoria do crime, mas um funcionário da fazenda, que foi demitido um dia antes, é apontado como suspeito. Um celular quebrado, uma touca preta que foi encontrada no pasto e lascas de madeira foram apreendidos.

A suspeita é de que o autor do crime tenha dado golpes de lenha na cabeça da vítima. O caso foi registrado na delegacia de Três Lagoas como homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido.

Jornal Midiamax