Polícia

Ex procura agressor que bateu até em bebê durante briga e ainda a furtou

Ele já tem passagens

Renata Portela Publicado em 16/09/2016, às 16h16

None
print_facebook_editado.jpg

Ele já tem passagens

Com passagens por violência doméstica contra a mãe e contra a ex-namorada, de 25 anos, Jeferson Soares de Oliveira, e 21 anos, é 'caçado' pela vítima e considerado foragido pela polícia. Ele teria descumprido medida protetiva na terça-feira (13) e agredido a ex, além da mãe e irmã dela e uma bebê de apenas 8 meses.

Segundo relato da vítima ao Jornal Midiamax, ela teve um relacionamento com Jeferson, mas terminou há um ano e teve um filho com ele. O bebê, hoje com dois anos, seria um dos motivos da briga dos ex-companheiros. Em janeiro deste ano a vítima já registrou ocorrência por violência doméstica contra o rapaz e conseguiu medida protetiva contra ele, mas não adiantou.

Na última terça-feira, de acordo com a vítima, o ex a procurou em casa, no Nova Lima, bairro onde ele também é morador. “Eu estava com meus filhos e esperava minha mãe, que vinha me visitar, quando ele chegou e começamos a discutir”. Quando notou o rapaz se aproximando da casa, a mãe que já chegava virou as costas e saiu para chamar a polícia, quando ele teria se exaltado e corrido atrás da mulher. Também acompanhavam a mãe da vítima, de 45 anos, a irmã dela, de 23 anos com a filha de 8 meses no colo.

“Ele estava bêbado e alterado e queria ver o filho dele, que ele nunca nem registrou”, disse a jovem. Ela também contou que o agressor deu um chute na mãe dela, mas a irmã entrou na frente e acabou atingida. Ela caiu com a bebê no colo e o rapaz chegou a atingir um tapa no rosto da criança. No meio da briga, a ex-namorada tentava ajudar mãe e irmã e também foi agredida com socos.

Em determinado momento, a mãe e a irmã da vítima conseguiram correr até o posto policial do Nova Lima e acionaram a PM. A jovem correu e se trancou em casa com as crianças, mas ele conseguiu derrubar a cerca elétrica, pulou o muro, invadiu a casa e fugiu levando uma televisão 48 polegadas, furtando a vítima.

“Todos os vizinhos estavam na rua, mas ninguém ajudou”, lamentou a vítima. Ela disse que o agressor fugiu e ela chegou a fazer buscas pelo rapaz com uma equipe policial, mas ele não foi encontrado. O caso foi registrado na Casa da Mulher Brasileira e segue em investigação. Esta é a terceira passagem por violência doméstica de Jeferson, que ainda descumpriu medida protetiva e também responderá por esse crime.

Jornal Midiamax