Polícia

Estudante de engenharia desaparecido é encontrado em fazenda na Bolívia

Carro estragou e o jovem se perdeu

Diego Alves Publicado em 26/06/2016, às 21h28

None
13502001-655405011279897-1673536322101726888-n1.jpg

Carro estragou e o jovem se perdeu

O estudante de engenharia João Fernandes Neto, de 29 anos, foi encontrado na tarde deste domingo (26), em uma fazenda que fica a 50 km do local onde deixou uma caminhonete S-10, na Bolívia. De acordo com o site Capital do Pantanal, João já foi medicado, passa bem e foi levado para Corumbá pelos familiares.

Um amigo da família disse que a mãe não está em condições de falar por conta da emoção de reencontrar o filho e, que o importa é que ele está vivo  e salvo, “ agora vamos comemorar. É só alegria” , disse o parente que também pediu para não ser identificado. João seguia para a fazenda do pai na Bolívia e o carro apresentou problemas. Ele parou, e seguiu a pé quando se perdeu. Ele foi encontrado por uma peão que estava a cavalo.

Entenda o caso

João Fernandes Neto, 29, estava desaparecido desde a última sexta-feira (24) quando saiu de casa em Corumbá no período da manhã. A mãe do estudante de engenharia, a empresária Marcia Augusta Loureiro Panovitch, (Neca Panoff) fez uma mobilização em Corumbá através das redes sociais buscando ajuda dos amigos, pois a família é tradicional na cidade e o jovem muito conhecido. O primeiro apelo da mãe foi divulgado na noite deste sábado (25) pedindo ajuda para localizar João.

Desde então as redes sociais e autoridades dos dois países trabalham no sentido de desvendar este mistério. Na página da mãe no Facebook , ela diz que a caminhonete S 10 cor Cinza escuro, placa HTA 5956,  foi encontrada abandonada na província de Porto Buch, (região da Fronteira na Bolívia), distante a 10 km de Corumbá.

Jornal Midiamax