PM reagiu ao ser identificado e acertou dois assaltantes

O assaltante morto na noite desta segunda-feira (23) depois de tentar roubar uma conveniência, no Bairro Pioneiros, em , teria identificado a vítima. “Então você é polícia”, disse um dos bandidos ao ver o registro funcional do policial, segundo as informações divulgadas.

Rodrigo Batista Gudim, de 21 anos, morreu ao tentar assaltar uma conveniência na Rua Joana D'Arc, no Bairro Pioneiros. Rodrigo e o compars,a Gabriel Lima de Oliveira, de 18 anos, chegaram ao local por volta das 20h40 desta segunda-feira (23), quando anunciaram o exigindo que a vítima ficasse de joelhos e entregasse seus pertences.

Ao jogar a carteira no chão, o registro funcional do policial militar caiu momento em que Rodrigo abaixou-se para pegar o documento. Neste momento, o policial sacou a arma, uma pistola e efetuou disparos contra Rodrigo, que foi atingido no abdômen.

O policial, que não foi identificado,  ainda efetuou outro disparo acertando Gabriel Lima. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e constatado a morte no local de Rodrigo. Já Gabriel foi encaminhado para a Santa Casa da Capital. Um revólver calibre 32, que estava com o autor foi apreendido.