Polícia

Em ritmo adiantado, presídio em obras pode ser entregue até março de 2017

Três penitenciárias são construídas

Renata Portela Publicado em 21/10/2016, às 13h24

None
agepen0.jpg

Três penitenciárias são construídas

Campo Grande está prestes a ter mais 1.613 vagas para presos em regime fechado. Com três presídios em obras, o secretário José Carlos Barbosa adiantou nesta quinta-feira (21) que ao menos uma penitenciária pode ser entregue até março de 2017.

Durante o evento MS Mais Seguro, de entrega de equipamentos e viaturas para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, o secretário da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) Barbosinha falou ao Midiamax sobre os novos presídios.

Segundo o secretário, as obras estão caminhando e, nesta semana, ele fez uma visita acompanhado do desembargador Luiz Gonzaga e a administração da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário). Serão entregues três presídios de regime fechado, que segundo a agência terão capacidade para 1.613 detentos.

Há informação de que um dos presídios será feminino e os outros dois masculinos. “Um presídio pode ser entregue até março de 2017, o outro está em fase intermediária e um paralisado, que é o feminino”, disse o secretário. De acordo com ele, as obras dependem agora da aprovação de uma medida do Depen (Departamento Penitenciário).

Jornal Midiamax