Polícia

Depois de acusar o tio de matar a mãe, adolescente é apreendido pelo assassinato

Vítima foi sufocada com o próprio cabelo  

Thatiana Melo Publicado em 11/08/2016, às 15h34

None
_mg_7083.jpg

Vítima foi sufocada com o próprio cabelo

Depois de acusar o tio de matar sua mãe, na última segunda-feira (8), um adolescente, de 15 anos foi apreendido na noite desta quarta-feira (10) acusado pelo crime ocorrido na Capital, no Parque do Lageado.

Segundo informações da polícia civil, o tio foi preso depois das acusações do adolescente que disse ter presenciado uma briga no dia anterior a morte de Leonice dos Santos Crispim, de 48 anos.

O adolescente teria dito que um dia antes esteve na casa de sua mãe e teria presenciado uma briga entre a mulher e seu tio. O autor afirmou aos policiais acreditar que o tio possa ter assassinado sua mãe, já que dias antes o teria denunciado à polícia.

Mas, durante as investigações do caso a polícia descobriu que o autor do crime seria o próprio filho, que acabou confessando o crime. Na delegacia, o adolescente afirmou que teve uma discussão com sua mãe por causa de dinheiro e durante a briga a sufocou com o próprio cabelo, que era comprido.

O pescoço da vítima foi quebrado devido a violência das agressões. O adolescente infrator foi apreendido e encaminhado para Unei (Unidade Educacional de Internação) e o caso que anteriormente foi registrado como morte a esclarecer foi definido como feminicídio.

O crime

Na madrugada desta segunda-feira (8), Leonice dos Santos Crispim, de 48 anos, foi encontrada morta em sua residência em cima da cama pelo filho que tinha ido visita-la em Campo Grande, no Parque do Lageado.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Piratininga, por volta das duas horas da madrugada o filho teria ido até a casa de sua mãe, quando a encontrou morta em cima da cama.

Aos policiais, o homem afirmou que um dia antes esteve na casa da vítima e teria presenciado uma briga entre a mulher e seu tio. O rapaz acredita que o tio possa ter assassinado sua mãe, já que dias antes o teria denunciado à polícia.

A mulher estava em cima da cama que estava quebrada indicando que poderia ter sofrido uma queda, ou que força maior teria quebrado a cama. A vítima estava com uma lesão no dedo da mão esquerda e com sangramento no nariz.

Jornal Midiamax