Polícia

Briga por dinheiro entre garotas de programa e cafetão acaba na polícia

Autor é dono de uma boate

Thatiana Melo Publicado em 15/12/2016, às 09h27

None
prostituta_caboverdiana.jpg

Autor é dono de uma boate

Duas garotas de programa, de 21 e 26 anos, procuraram a delegacia de polícia de Campo Grande nesta quarta-feira (14), depois de serem ameaçadas de morte pelo dono de uma boate onde trabalhavam.

Na delegacia, as vítimas informaram que há dois meses trabalham para o autor como acompanhantes e que nesta quarta-feira (14) ao irem cobrar pelo serviço foram ameaçadas de morte por ele.

Elas relataram que o autor afirmou que iria matá-las, caso voltassem na boate. Ainda de acordo com elas, o homem ameaçou colocar fogo na residência delas com todos os familiares dentro. Todos os documentos das vítimas estão retidos com o autor.

As mulheres não quiseram representar criminalmente contra o autor e o caso foi registrado como ameaça.

Jornal Midiamax