Polícia

Bandidos roubam caminhão, mantém motorista refém e comemoram: “segundo da semana”

A vítima ficou 4 horas com os bandidos 

Midiamax Publicado em 16/09/2016, às 21h55

None
defurv.jpg

A vítima ficou 4 horas com os bandidos 

Um caminhoneiro foi feito refém por cerca de quatro horas depois de ser ‘fechado’ por bandidos na BR-163, próximo a Anhanduí, a 59 quilômetros de Campo Grande e ter o veículo roubado na noite desta quinta-feira (15). Durante o crime, um dos suspeitos chegou a comemorar: “segundo roubo da semana”.

Para a polícia, a vítima contou que estava a dois quilômetros de Anhanduí quando foi ‘fechado’ por um carro preto. Três homens armados desceram do veículo, o renderam e entraram no caminhão. A vítima foi obrigada a dirigir por alguns quilômetros, até passar da cidade. Durante o trajeto um dos bandidos chegou a comemorar a ação, afirmando que era o segundo roubo semelhante em poucos dias.

Em determinado momento, o caminhoneiro foi forçado a entrar em um matagal, já depois da cidade, onde foi mantido refém, sob a mira de uma espingarda, das 9 horas às 4h30 desta sexta-feira (16). Um dos suspeitos ficou com a vítima durante todo o tempo, enquanto os outros dois levaram o veículo.

A vítima afirmou a polícia, que o rapaz com quem ficou aparentava ser adolescente e o ameaçava de morte caso olhasse para ele. O suspeito ainda reforçava que se ele não reagisse, seria liberado assim que o veículo passasse pela fronteira. Já de madruga, o bandido mandou o caminhoneiro fugir, sem olhar para trás.

O homem correu até a rodovia e conseguiu pedir ajuda em um restaurante próximo. A Polícia Militar foi acionada e a vítima levada para a Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), onde o caso foi registrado e agora é investigado. 

Jornal Midiamax