Polícia

Avião com R$ 10 milhões em cocaína que saiu de MS atola em fazenda de MT

O monomotor seria reabastecido em uma fazenda

Renata Portela Publicado em 10/03/2016, às 12h27

None
702223183_75138_10611283655729159419_1.jpg

O monomotor seria reabastecido em uma fazenda

Na quarta-feira (9), avião monomotor carregado com 442 quilos de pasta base de cocaína foi apreendido em Conquista D'Oeste, no Mato Grosso. O copiloto Jácome Tavares Vieira, de 57 anos, foi encontrado e preso em flagrante, com o avião que teria atolado em uma plantação de soja.

Segundo informações da polícia, produtor rural acionou a PM após o avião de pequeno porte 'atolar' na lavoura de soja de uma fazenda em Conquista D'Oeste. Os militares foram ao local e encontraram o monomotor, carregado com vários fardos. Ao fazerem vistoria minuciosa, foi constatado que a aeronave estava carregada com pasta base de cocaína.

A testemunha ainda contou aos policiais que o avião pousou na estrada que separa a lavoura de soja do serrado e os dois ocupantes reabasteceram o veículo, mas ao tentarem decolar, o piloto teria perdido o controle da aeronave e entrado na plantação de soja, 'atolando' o avião. De acordo com o site Fronteira Alerta, os suspeitos fugiram a pé, mas Jácome foi localizado e preso em flagrante.

Para os policiais, o homem revelou que havia saído de Bela Vista (MS), cidade de fronteira com o Paraguai que fica a 324 quilômetros de Campo Grande. Ele também afirmou que a droga seria levada para Cuiabá, capital de Mato Grosso. O entorpecente foi apreendido e encaminhado para a Delegacia Regional de Pontes e Lacerda e, segundo a polícia, o delegado faz a incineração da droga, que foi avaliada em R$ 10 milhões, nesta quinta-feira (10).

A Polícia Civil deve tentar identificar o dono da aeronave e o caso é tratado como tráfico de drogas.

Jornal Midiamax