Polícia

Após mexer com mulher, homem é agredido com golpes de corrente

Ele estaria embriagado

Renata Portela Publicado em 02/04/2016, às 19h17

None
indice.jpeg

Ele estaria embriagado

Na tarde deste sábado (2), homem de 44 anos sofreu vários ferimentos na cabeça e no rosto, após ser agredido no cruzamento da Rua 7 de Setembro com a Travessa José Bacha, ao lado do Mercadão Municipal. Ele faria parte de um grupo de pessoas que, segundo comerciantes, está sempre ingerindo bebidas alcoólicas no local e causando problemas.

De acordo com testemunhas, o grupo de pessoas fica na região do mercado, bebendo e abordando clientes das lojas e estabelecimentos da região. Nesta tarde, o homem de 44 anos teria abordado uma mulher e discutido com ela e, por volta das 15h30, outros rapazes, que não gostaram da atitude, o agrediram usando uma corrente.

Corpo de Bombeiros e Força Tática da 5ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar) estiveram no local. O homem foi levado para o hospital com vários ferimentos e dois suspeitos de terem cometido o crime foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, onde devem ser autuados por lesão corporal.

Taxistas e comerciantes que atuam na região relataram ao Jornal Midiamax que sofrem com a falta de segurança. “Fica um grupo de pessoas bebendo e perturbando todo mundo”, disse um vendedor, que ainda pediu mais segurança. “Tem um batalhão da polícia em frente, mas não é o suficiente”, diz. Ainda segundo testemunhas, desde o período da manhã o grupo de pessoas que se aglomera no local está 'em conflito'.

Jornal Midiamax