Polícia

Amigos: ladrões que fizeram família refém tentam fugir juntos de presídio

Quatro detentos participaram da tentativa de fuga

Wendy Tonhati Publicado em 24/10/2016, às 12h42

None
234139915.jpg

Quatro detentos participaram da tentativa de fuga

Quatro detentos, que estavam em celas disciplinares, do IPCG (Instituto Penal de Campo Grande) tentaram fugir serrando as grades, na noite do domingo (23). Dois deles teriam participação em um assalto, em maio deste ano, no qual uma família foi feita refém por quatro horas.

Conforme a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) tentaram fugir: Anderson Lopes da Rocha, 25 anos (tráfico de drogas); Weslen Ferreira dos Santos, 23 anos (tráfico e roubo); Lucas Otoniel Higa, 29 anos (roubo) e Rogério Machado de Souza, 22 anos (tráfico). Todos foram isolados em cela forte e serão transferidos para outro presídio.

Lucas Otoniel foi preso pela Derf (Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos), no dia 25 de maio, por envolvimento no assalto, que ocorreu no dia 19 de maio, no Jardim TV Morena. Já Rogério, conhecido como Maresia, havia sido identificado, porém, na data da apresentação da quadrilha ainda não havia sido preso. 

Conforme a Agepen, o agente penitenciário que estava na torre de vigilância viu o momento em que quatro presos saíram pelo teto da área onde ficam as celas disciplinares, no pavilhão 2, e acionou os demais agentes, que fizeram a captura. Um procedimento administrativo interno será aberto para apurar as circunstâncias do fato.

Roubo

Amigos: ladrões que fizeram família refém tentam fugir juntos de presídioNo dia do roubo Lucas, conhecido como 'Flamengo', e um outro rapaz, conhecido como 'Bugre', foram até a casa da família no Jardim TV Morena, e, na porta, renderam marido e mulher, de 37 e 51 anos.O casal foi obrigado a entrar na residência foi amarrado no quarto com os filhos, duas crianças.

Lucas teria saído da casa com o carro da família, um Honda CRV e 'Bugre' ficou no local. Outros dois comparsas então chegaram ao local em uma picape, Glauko e outro suspeito que também segue foragido, identificado como 'Maresia'.

Os dois pegaram vários objetos da casa e foram embora, deixando 'Bugre' novamente sozinho.

Jornal Midiamax