Polícia

Além de túnel, agentes encontram cadeados arrombados e internos serão investigados

Doze presos foram responsabilizados 

Midiamax Publicado em 21/11/2016, às 19h09

None
whatsapp_image_2016-11-21_at_14.44.35.jpeg

Doze presos foram responsabilizados 

Além de um túnel de mais de 12 metros, agentes penitenciários da PED (Penitenciária Estadual de Dourados) também encontraram cadeados das celas do anexo da Cadeia Linear arrombados na noite deste domingo (20). Na galeria, localizada nos fundos do presídio, havia um total de 60 internos, que serão investigados.

Por volta das 22h10, os agentes perceberam uma intensa movimentação dos internos e através do monitoramento de câmeras detectaram que celas do anexo da Cadeia Linear estavam com os cadeados quebrados. Ao chegarem no local, os servidores perceberam que dois detentos não estavam.

Na cela 20, galeria A 4 da cadeia Linear, os agentes localizaram os dois presos e outros 10 internos, todos sujos de barro e uma grande quantidade de terra em meio de lençóis e cobertores, em um canto da parede. Ali, encontraram o túnel. Em nota, a Agepen afirmou que faltava mais de 15 metros para a passagem chegar à muralha.

Os doze presos foram alojados em cela disciplinar e a cela foi isolada para perícia e reparos. Segundo o diretor da PED, Rangel Schveiger, a tentativa de fuga poderia envolver também todos os outros internos das celas que estavam com os cadeados quebrados. Agora, os internos serão investigados. 

Jornal Midiamax