Polícia

Advogada e engenheiro de MS morrem em queda de avião no Paraná

Casal viajava em monomotor para Londrina

Midiamax Publicado em 26/02/2016, às 17h21

None
20160226093049.jpg

Casal viajava em monomotor para Londrina

A advogada Jane Resina Fernandes de Oliveira e o marido Paulo César de Oliveira morreram na manhã desta sexta-feira (26) depois que o avião monomotor em que estavam caiu na zona rural da cidade de Jaguapitã, no Paraná. As vítimas seguiam de Campo Grande para Londrina (PR), quando o acidente aconteceu.

Conforme a Polícia Civil, o casal viajava no monomotor modelo Pelican 500BR, da categoria ultraleve, de apenas dois lugares, que era pilotado por Paulo. Por volta das 11 horas a polícia foi acionada para atender o acidente em uma plantação localizada a quatro quilômetros de Jaguapitã, distante 56 quilômetros de Londrina e 583 da Capital sul-mato-grossenses.

O avião caiu de pico e com o impacto o casal morreu na hora. Os corpos das vítimas foram retirados do local e encaminhado para o Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal), onde passarão por exames. As vítimas serão cremadas em Londrina e ainda não há informação sobre o funeral.

A causa da queda é desconhecida e o caso será investigado pela Delegacia de Polícia Civil da cidade, já que a aeronave é de caráter experimental.

Jane era sócia fundadora do escritório de advogacia Resina&Marcon e sua morte provocou comoção principalmente entre os advogados. A OAB divulgou nota lamentando o acidente e classificando a perda como “irreparável”.

Jornal Midiamax