Polícia

Adolescente matou mulher em escadaria com mais de 40 facadas

Vítima ficou desfigurada

Thatiana Melo Publicado em 30/06/2016, às 11h32

None
adolescente_morta_escadaria.jpg

Vítima ficou desfigurada

Nathália Helena Rondon do Amaral de Souza, de 18 anos, assassinada na última sexta-feira (24) em uma escadaria, em Corumbá, cidade localizada a 444 quilômetros de Campo Grande teria recebido mais de 40 golpes de faca.

A adolescente, de 17 anos acusada de matar Nathália tem várias passagens pela polícia, sendo uma por tentativa de homicídio em 2015. A jovem já teria sido apreendida por roubo e tentativa de homicídio no carnaval de 2015, quando desferiu golpes de faca contra uma pessoa, segundo informações do site Diário Corumbaense.

De acordo com informações da Polícia Civil, o corpo de Nathália ficou totalmente desfigurado depois de receber mais de 40 golpes de faca, por isso, a polícia também trabalha com a hipótese de que a adolescente possa ter tido ajuda de outra pessoa, “O que chama a atenção é a quantidade de facadas desferidas contra a vítima. Precisamos ver se não teve envolvimento de outra pessoa segurando a vítima auxiliando no crime”, afirmou o delegado Sam Suzumara da Daiji (Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso).

O crime

A vítima teria ido até a residência da adolescente para tirar satisfação do envolvimento do ex-namorado com a autora, segundo informações do site Diário Corumbaense. Ainda de acordo com informações, a adolescente lavava a louça quando teria sido surpreendida por Nathália, que de posse de uma faca tentou acertá-la.

As jovens entraram em luta corporal e a adolescente teria deferido vários golpes de faca contra Nathália. Sobre as informações de que teria tentado esfaquear a mãe e a irmã ao ser surpreendida na hora do crime, a adolescente negou a informação na delegacia.

A adolescente alegou legítima defesa. Ao delegado, a autora disse que conheceu a vítima há aproximadamente um ano em festas, mas que não tinha amizade com Nathália. Ainda de acordo com informações, disse que a vítima teria tido um relacionamento com seu ex-namorado e que Nathália teria ido até sua residência para tirar satisfações sobre o envolvimento amoroso da adolescente com o ex-namorado da vítima.

Jornal Midiamax