Polícia

Tiro ocorreu por causa de briga familiar entre PM’s, revela comandante de área

Ferido, policial pulou o muro para pedir socorro

Midiamax Publicado em 13/06/2015, às 18h36

None
img-20150613-wa0029.jpg

Ferido, policial pulou o muro para pedir socorro

O ferimento provocado por um tiro em um policial militar lotado no BPTran (Batalhão de Polícia de Trânsito) ocorreu por conta de uma briga familiar, informou o comandante do 1º BPM (Batalhão da Polícia Militar), tenente Everton. O caso ocorreu por volta das 14 horas deste sábado (13), na Rua Ministro José Linhares, no Bairro Santo Amaro, região oeste de Campo Grande.

O tenente explicou que o policial esqueceu de dar remédio para o filho, com isso, desencadeou uma briga com a esposa, que também é policial militar, lotada na policlínica. A discussão resultou em gritaria e depois o disparo de arma de fogo.

O militar foi atingido no abdome e mesmo ferido saiu do imóvel e pulou o muro do vizinho, onde pediu por socorro. Foram chamadas as viaturas do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), além de acionada a PM (Polícia Militar) pelo 190 do Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança).

A arma usada no crime é um revólver calibre 38, que já foi recolhida pelos militares que estão no local, aguardando a chegada da Polícia Civil. Já a vítima foi encaminhada para a Santa Casa. Os nomes dos envolvidos foram preservados.

Jornal Midiamax