Polícia

Suspeito de matar policial de Tacuru tentou fugir para o Paraguai

O rapaz foi preso em uma fazenda de Iguatemi

Renata Portela Publicado em 15/07/2015, às 13h40

None
suspeito_1.jpg

O rapaz foi preso em uma fazenda de Iguatemi

José Osmar Freitas, de 27 anos, o “Veinho”, preso na manhã de terça-feira (14), tentou fugir para o Paraguai antes de ser capturado. O rapaz confessou ter matado o policial civil José Nivaldo de Almeida no dia 28 de junho.

Segundo o delegado Clemir Vieira Júnior, titular da Delegacia Regional de Polícia de Ponta Porã, nos 16 dias em que estava foragido, José Osmar tentou fugir para o Paraguai. Segundo o delegado, o rapaz conhece a região e foi até Paranhos, com a intenção de cruzar o Rio Iguatemi e chegar ao país de fronteira com Mato Grosso do Sul.

Ainda de acordo com o delegado, José Osmar deu poucas informações sobre a localização das armas usadas para cometer o crime, que estão sendo procuradas. O rapaz afirmou que perdeu uma das armas durante a fuga e que teria vendido a arma de fogo do policial.

Ainda nesta semana, José Osmar deve ser encaminhado para o Presídio de Naviraí. O rapaz já tem passagens pela polícia, incluindo uma por tráfico de drogas, crime pelo qual já foi preso.

O crime

José Osmar andava na rua armado e tinha atirado em um desafeto. José Nivaldo, que estava em casa, saiu, se identificou como policial e realizou a abordagem. O policial rendeu o autor do crime e quando estava o algemando levou uma rasteira, caiu e foi morto com a própria arma. 

Jornal Midiamax