Polícia

Suspeito de matar garota de programa em casa noturna vai a júri nesta quarta-feira

Crime aconteceu em janeiro de 2014

Midiamax Publicado em 23/06/2015, às 22h09

Foto: Ilustração
Foto: Ilustração - Foto: Ilustração

Crime aconteceu em janeiro de 2014

Jorge Armando Vieira Junior vai a júri nesta quarta-feira (23) pelo homicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima de Kátia Loup Pereira, pela 2ª Vara do Tribunal do Júri, em Campo Grande, pelo juiz Aluízio Pereira dos Santos. O caso ocorreu entre a noite de 26 e madrugada de 27 de janeiro de 2014, em uma casa noturna chamada “Wiskeria Pantanal”.

O suspeito teria utilizado tesoura e faca para golpear a vítima por diversas vezes. De acordo com a denúncia, Jorge teria combinado programa sexual com a vítima e, ao ser cobrado por ela, alegou que não tinha dinheiro, causando uma discussão entre ambos.

Ele teria amarrado Kátia e passado a golpeá-la na região da nuca, costas e tórax até morrer. Após o crime, o suspeito chegou a se lesionar com a faca e a cravou no próprio peito.

Jornal Midiamax