Polícia

‘Sócios’ em boca de fumo se desentendem e briga termina em assassinato

Crime aconteceu na noite de sábado (4)

Ludyney Moura Publicado em 05/04/2015, às 11h41

None
policia_ilustrativa-gw4.jpg

Crime aconteceu na noite de sábado (4)

Um desentendimento entre dois traficantes terminou com um homicídio na noite do sábado (4) de páscoa. De acordo com a polícia, dois homens que gerenciavam uma boca de fumo na região do Bairro Mata do Jacinto se envolveram na ocorrência.

De acordo com o boletim, George Willian Pereira Kowalewski, 39 anos, comandava um ponto de venda de entorpecente em parceria com Airton de Brito Junior, 24 anos. A polícia não sabe dizer ainda o que levou ao desentendimento.

No momento do crime, George pilotava uma motocicleta Honda Titan, tendo Airton como passageiro, quando foi atingido por quatro disparos de arma de fogo. Ele chegou a ser socorrido e levado para a Santa Casa de Campo Grande, mas não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo.

Antes de morrer, o traficante contou que tinha sido atingido por seu ‘sócio’, Airton, que fugiu após atirar contra a vítima. Durantes buscas na casa de George, os policiais encontraram cerca de R$ 1,2 mil em dinheiro, segundo os agentes provenientes do tráfico de drogas, além um tablete de pasta base de cocaína e uma balança de precisão.

Já na casa de Airton os policiais encontraram apenas a mãe do autor dos disparos, que telefonou para o filho e deixou o telefone no viva voz, momento em que o traficante confessou ter discutido e atirado em George. Ele ainda não foi encontrado. 

Jornal Midiamax