Polícia

Sem achar garoto em rio, bombeiros suspendem busca e investigam história

Colega pediu socorro depois de não encontrar o garoto

Midiamax Publicado em 03/11/2015, às 20h05

None
_mg_1001_interna.jpg

Colega pediu socorro depois de não encontrar o garoto

Após cerca de duas horas de buscas, o Corpo de Bombeiros suspendeu as buscas a uma criança que, segundo um outro garoto, de 10 anos, desapareceu nesta tarde no rio Anhanduí, no bairro Ouro Preto, em Campo Grande, quando os dois brincavam no local. Agora, as equipes buscam investigam a história contada pelo menino.

Ele e o colega estariam brincando no rio quando o menino sumiu. A avó do garoto que relatou o desaparecimento, de 48 anos, comentou que o neto viu apenas o menino entrar no rio e não voltar, e foi pedir socorro.

Segundo ela, o neto conheceu o menino em um parquinho que fica no Bairro Coophavila e sabe que ele estuda na Escola Municipal Dr. Eduardo Olímpio Machado.

Até o momento ninguém identificou a vítima, o que fez com que o Corpo de Bombeiros parasse a buscas. “Nós fizemos vistorias em todo o local. Não há lugar onde a criança possa estar. Estamos verificando a identificação dele para decidir se continuam as buscas ou não. Pode ser mentira, pode ser verdade. Enquanto houver dúvidas estaremos aqui”, destacou o tenente Nascimento do Corpo de Bombeiros. Será feito contato com a escola onde a criança estuda para a possível identificação.

Nascimento também afirmou que se confirmado o desaparecimento do garoto uma equipe de mergulho do Corpo de Bombeiros será acionada. 

Jornal Midiamax