Polícia

Romário inclui Pelé e Ronaldo em grupo para ‘limpar’ futebol

A ideia de Romário é reunir ex-jogadores

Diego Alves Publicado em 02/06/2015, às 23h28

None
romariofalamarcelocamargoagenciabrasil.jpg

A ideia de Romário é reunir ex-jogadores

Contente com a renúncia de Joseph Blatter à presidência da Fifa, o senador Romário (PSB-RJ) decidiu nesta terça-feira relativizar as críticas a Pelé e incluir o ex-jogador em uma “frente de ídolos” que pretende criar. O parlamentar pretende reunir ex-futebolistas para discutir uma forma de repaginar o esporte, afetado por denúncias de corrupção.

A ideia de Romário é reunir ex-jogadores a partir da geração de Pelé, como Tostão, Gérson e Carlos Alberto Torres. Também estão na lista Zico, Falcão, Toninho Cerezo, Raí, Leonardo, Bebeto, Branco, Ricardo Rocha, Cafu, Ronaldo, Rivaldo e Roberto Carlos. “Acredito que juntos, em um papo, cada um dando suas ideias, vamos sair com ideias novas para o futebol”, disse o senador.

Apesar de ter considerado “infeliz” o elogio de Pelé à reeleição de Joseph Blatter, Romário reconheceu que o ex-jogador poderia contribuir.

“O Pelé mais uma vez foi muito infeliz na sua colocação, porque o Pelé está indo na contramão do que o Brasil e o mundo querem para o futebol . Uma pessoa de sã consciência que fala que o Blatter é o melhor pela sua experiência… alguma coisa está acontecendo. O ideal seria perguntar para ele agora”, alfinetou o senador.

“Mas o Pelé, por exemplo, por mais que ele tenha dito coisas que a gente não concorda, será uma pessoa que eu terei o prazer de convidar para participar dessa reunião. Por mais que tenha seus defeitos, seus problemas, ele é o grande nome do futebol mundial. Ele poderia ajudar muito nessa mudança”.

Ataques à CBF

Em entrevista no Senado, Romário voltou a comemorar a renúncia de Blatter, a quem se refere como corrupto, e disse esperar um efeito cascata. O articulador da CPI da CBF no Senado disse que uma renúncia do presidente da confederação, Marco Polo Del Nero, mudaria o futebol para outra fase.

Jornal Midiamax