Polícia

Quadrilha que furtou notebooks de escola é detida a partir de imagens de segurança

A maioria dos ladrões são menores

Midiamax Publicado em 27/11/2015, às 15h08

None
1032641913_531b7ad235ba40eb9b8122d70e0f61ea.jpg

A maioria dos ladrões são menores

Ladrões que invadiram uma escola e arrombaram a sala de tecnologia e furtaram 37 tablets e 22 notebooks em Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande, acabaram preso após a ação ser captada por imagens de câmeras de segurança. A invasão foi na madrugada desta quinta-feira (26).

Durante a ação criminosa da quadrilha, a sala ficou toda revirada e com alguns armários danificados e cadeados estourados. A equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais), Núcleo de Perícias e policiais militares da Força Tática foram acionados pela direção da escola.

Um adolescente de 13 anos e Wellerson Ambrósio da Silva Neves, 18, foram reconhecidos nas imagens do circuito de segurança. A equipe se deslocou até a casa de um dos suspeitos, que acabou confessando o crime. Ele também apontou os comparsas e o local onde teriam escondidos os eletrônicos, na residência de um adolescente de 15 anos.

Outros produtos furtados da escola também foram recuperados atrás de uma antiga madeireira, na Rua André Loyer. Todos os envolvidos foram detidos e encaminhados com o material furtado para a Delegacia de Polícia Civil local.

Jornal Midiamax