Polícia

Quadrilha que disputava controle de tráfico é presa por sete assassinatos

O grupo foi preso durante a Operação Palis

Midiamax Publicado em 30/09/2015, às 19h17

None
timthumb.jpg

O grupo foi preso durante a Operação Palis

Nove pessoas foram presas e um adolescente apreendido suspeitos de executarem sete pessoas em Caarapó para comandar o tráfico de drogas na cidade. O grupo foi detido durante a Operação Palis e apresentado na manhã desta quarta-feira (30) em uma coletiva de imprensa na sede da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

Foram presos Domingas Savedra Barrios, de 55 anos, o filho Carlos Savedra Barrios, de 22 anos, Ruberval Vilhalva da Andrade, de 21 anos, Fernando Aquino, de 47 anos, Fabio Vera Cordoval, de 26 anos, Valmir Savedo, de 34 anos, o primo dele Oscar Savedo Benites, de 29 anos, Welinton de Oliveira Servin, de 29 anos, e um adolescente de 16 anos.

Segundo o site 94 FM, as investigações que levaram a prisão dos envolvidos começaram em abril, logo depois do assassinato de quatro pessoas em Caarapó, a 273 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a polícia, a quadrilha lutava pelo controle da venda de droga na cidade e as mortes estão ligadas direta e indiretamente com o tráfico.

Ao grupo, são creditados sete homicídios e duas tentativas de homicídio. Ao todo, foram expedidos pela justiça 13 mandados de busca e apreensão. Destes, nove adultos foram presos e o adolescente apreendido.

Durante a operação, os policiais apreenderam ainda 270 gramas de crack na casa de Domingas.  A ação contou com policiais de Caarapó, Maracaju e Juti, do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Dourados, e com a Defron e a Polícia Federal de Dourados.

Jornal Midiamax