Polícia

Quadrilha de contrabandistas é presa e tem prejuízo de mais de R$ 1,5 milhão

Suspeitos eram de Goiás e contrabandeavam cigarros

Renata Portela Publicado em 12/07/2015, às 15h31

None
carros.jpg

Suspeitos eram de Goiás e contrabandeavam cigarros

Na noite de sexta-feira (10), integrantes de uma quadrilha foram presos pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira). Os seis suspeitos contrabandeavam cigarros e tiveram prejuízo de mais de R$ 1,5 milhão.

De acordo com a assessoria do DOF, os policiais receberam a denúncia de que, em um sítio, na Rodovia MS-460, havia um caminhão vermelho escondido. Em buscas, o caminhão Mercedes-Benz, vermelho, placas ONE-1803, de Goiânia-GO, foi localizado. O dono do sítio afirmou que o proprietário do veículo estava em um hotel, na cidade de Maracaju, a 162 quilômetros da Capital.

Os policiais fizeram buscas na cidade e, em um hotel localizado na saída para Ponta Porã, avistaram vários carros de Goiás estacionados. Marcos Tavares Ferreira, de 30 anos, que estava hospedado no hotel, afirmou que era batedor do caminhão. Com ele, foram presos também Wesley de Oliveira Souza, de 25 anos, Markilinny Tavares Ferreira, de 28 anos, José Luis da Silva Oliveira, de 37 anos, Lucas Neto Souza, de 47 anos e Jeovane Claudino de Socorro, todos moradores de Goiás.

A equipe do DOF ainda apreendeu os cinco veículos da quadrilha, todos equipados com radiocomunicadores. No caminhão, foi apreendida uma carga de 700 caixas de cigarro, 28 pneus, além de produtos eletrônicos, que foram avaliados em aproximadamente R$ 1,6 milhão de reais.

Os seis suspeitos foram presos em flagrante e os veículos e a carga ilícita encaminhados para a Delegacia de Fronteira de Dourados. 

Jornal Midiamax