Polícia

Professor é encontrado morto em casa e a polícia suspeita de latrocínio

A vítima estava com várias lesões e queimaduras pelo corpo

Midiamax Publicado em 13/02/2015, às 16h46

None
professsor.jpg

A vítima estava com várias lesões e queimaduras pelo corpo

Um professor aposentado foi encontrado morto pela empregada na manhã desta sexta-feira (13), em Nova Andradina, a 297 quilômetros de Campo Grande. Como o celular da vítima e outros pertences da casa sumiram, a Polícia Civil da cidade trabalha com a hipótese de latrocínio, roubo seguido de morte.

De acordo com o site Jornal da Nova, a empregada do professor Rober Rones Osório, de 51 anos, chegou ao local por volta das 8h30, como de costume, e se deparou com o portão da casa aberto. Na sala, a mulher encontrou o patrão deitado no chão, já sem vida, e chamou a polícia.

Segundo o registro policial, a vítima estava com várias lesões e queimaduras pelo corpo. Machas de sangue marcavam todo o cômodo e o celular e outros pertences de Osório não estavam na casa, além disso, o veículo do professor, um Celta, estava posicionado de uma forma estranha na garagem, como se os autores tivessem tentado retirá-lo do local rapidamente.

A perícia foi acionada e durante as investigações encontrou um pedaço de caibro, que pode ter sido usado para matar a vítima, dentro do carro. O caso foi registrado como roubo, se da violência resulta morte, na delegacia do município.

Jornal Midiamax