Procurado: ex-PM é suspeito de comandar assalto com máscara de capeta

Ladrões roubaram aproximadamente R$ 120 mil da família
| 30/05/2015
- 01:44
Procurado: ex-PM é suspeito de comandar assalto com máscara de capeta

Ladrões roubaram aproximadamente R$ 120 mil da família

Um ex-policial militar é suspeito de ser o mentor de um assalto, no qual os bandidos utilizaram máscaras de capeta para invadir uma casa, no Jardim Tijuca. O assalto ocorreu na madrugada do dia 15 de março e os bandidos levaram cerca de R$ 120 mil da família. Segundo uma das vítimas, um empresário de 27 anos, o suspeito é um amigo da família, que horas antes do roubo, chegou a beber uísque com ela.

O suspeito foi identificado como Samuel Mello. De acordo com o empresário, ele chegava em casa por volta das 4h30, quando foi abordado pelos criminosos. Na residência também estava o pai e a mãe dele. Todos foram rendidos e aproximadamente R$ 120 mil em dinheiro e joias da família foram roubados.

A polícia conseguiu chegar a dois suspeitos de invadirem a casa, que já estão presos. O que surpreendeu a família, é que o mentor do assalto foi identificado como um amigo, acima de suspeitas.

Conforme o empresário, o ex-policial era amigo de um irmão dele, que morreu no ano passado. Com relação a ele, o empresário diz que os dois eram ‘conhecidos de balada’ e que na noite do assalto, chegou a tomar uísque com o suspeito.

A vítima diz que os ladrões que já estão presos afirmaram que o mentor informou que na casa dele havia R$ 1 milhão e que ele não seria a única vítima “Que já havia outros serviços”. 

De acordo com o delegado Luís Alberto Ojeda, da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), os outros dois envolvidos que já foram presos confirmaram a participação de Samuel Mello. Ele é apontado como o mentor da ação e agora, está foragido.

Conforme Ojeda, o ex-policial já foi condenado por outros crimes e por isso, expulso da PM. 

Veja também

São 70 câmeras espalhadas pela região central de Campo Grande

Últimas notícias