Polícia

Políticos pagaram R$ 500 e R$ 100 por encontro sexual com adolescentes

Ex-deputado teria procurado jovens para fazer programa

Midiamax Publicado em 27/04/2015, às 16h23

None
img-20150427-wa0096.jpg

Ex-deputado teria procurado jovens para fazer programa

O vereador Alceu Bueno (ex-PSL) pagou R$ 500 para manter relações sexuais com duas adolescentes. Já o ex-deputado estadual Sérgio Assis (ex-PSB) desembolsou R$ 100 para sair com uma das jovens e as teria procurado via Facebook.

As revelações fazem parte de depoimento prestado nesta segunda-feira (27) por Fabiano Viana Otero à Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). Tanto o vereador como o ex-deputado responderão por favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de vulnerável.

Os envolvidos no suposto esquema de exploração sexual e extorsão criaram um perfil no Facebook, com o nome de uma das adolescentes, para marcar os encontros. Segundo disse Fabiano à polícia, ao contrário do que ocorreu com a maioria dos outros envolvidos, foi Assis quem fez contato pela rede social para sair com as meninas.

Após ouvir Fabiano, o delegado Paulo Sérgio Lauretto disse que a intenção do suspeito e do empresário Luciano Pageu, outro preso no caso e apontado com comparsa no esquema, “era estender este leque para outros políticos”. Nomes de outras figuras públicas supostamente envolvidas, no entanto, só serão reveladas se Fabiano conseguir delação premiada, o que está em negociação com a polícia e a Promotoria Pública.

Os encontros sexuais de Alceu Bueno e de Sérgio Assis com as adolescentes foram gravados por câmeras escondidas. O material está com a polícia e Lauretto já disse ser possível reconhecer ambos nas imagens “em situações íntimas” com as jovens.

Jornal Midiamax