Polícia

Policial militar é ferido a tiros e tem arma roubada durante abordagem

Suspeitos teriam fugido para o Paraguai

Midiamax Publicado em 07/11/2015, às 10h52

None
policia_militar_cleber_gellio_2.jpg

Suspeitos teriam fugido para o Paraguai

Policial militar de 34 anos ficou ferido a tiros e teve a sua arma roubada durante abordagem a dois homens na Rua Marechal Floriano, no centro de Ponta Porã, município na fronteira com o Paraguai, a 346 quilômetros de Campo Grande. A dupla teria fugido para o país vizinho.

Segundo consta, por volta de 1 hora, o PM estava em rondas com mais uma policial quando foi abordado por uma testemunha dizendo que havia dois homens a pé em atitude suspeita. O militar foi fazer abordagem, mas os dois tentaram fugir.

O policial seguiu a dupla a pé, conseguiu imobilizar um deles e, neste momento, o homem sacou um revólver e desferiu vários disparos à queima roupa e golpes com o cabo da arma de fogo no PM. Ao ser atingido, o militar caiu.

Em seguida, o suspeito virou para a outra policial e atirou. Houve troca de tiros, mas ela não ficou ferida.

O suspeito fugiu levando a arma do PM, uma pistola .40. A soldado solicitou apoio e testemunhas e um cabo que chegou ao local depois de ouvir os disparos ajudaram a socorrer o militar.

Várias equipes da PM fizeram diligências para tentar localizar os suspeitos, mas não foram encontrados. A polícia recebeu a informação de que eles fugiram para o Paraguai. 

O carregador da pistola do policial, um boné e uma camiseta, supostamente do suspeito, foram encontrados na entrada do país vizinho. Um projétil também foi apreendido no local do crime e será encaminhado para a perícia.

O caso foi registrado como homicídio simples na forma tentada e roubo majorado pelo emprego de arma na 1ª DP (Delegacia de Polícia Civil). Conforme consta no registro, o policial foi encaminhado a um hospital e não corre risco de morrer.

Jornal Midiamax