Polícia

Polícia investiga ‘chacina’ com envenenamento de 20 gatos e cães

Vizinho denunciou suposto ataque no Santo Amaro

Midiamax Publicado em 12/04/2015, às 22h40

None
img-20150412-wa0037.jpg

Vizinho denunciou suposto ataque no Santo Amaro

Na manhã deste domingo (12) gatos mortos e cachorros agonizando foram encontrados em uma residência do Bairro Vila Almeida, em Campo Grande. O dono da casa, Maurício Abdala, de 30 anos, contou ao Midiamax, que conseguiu socorrer os cães e levá-los ao um veterinário, onde constatou-se, segundo ele, que os animais foram envenenados. 

Relata Maurício que, ao lado de sua casa existe um terreno baldio, onde aproximadamente 20 gatos se abrigam. Os animais seriam alimentados por moradores da região. A área ao lado da casa de Maurício está fechada há cerca de quatro anos, porém, a dona do imóvel mora perto do local, e teria sido informada por um vizinho que se ela ‘não desse um jeito nos bichos’, ele o faria.

 “Ele disse isso há uns dez dias. A dona do terreno não aparece, pretendíamos abrir o local para ver se tem mais bichos mortos lá dentro. Hoje ainda não vi eles pela rua. Mas desde ontem a noite vi que um dos meus gatos cheio meio zonzo com miado estranho”, disse Maurício. 
Na manhã do domingo (12), um parente de Maurício chegou a tirar da boca de um dos cachorros um pedaço de linguiça, supostamente envenenada. Há a suspeita ainda de que outros animais podem ter sido envenenados pelo mesmo alimento.

“Esse alimento envenenado quase foi ingerido pelo meu sobrinho de três anos. Quem fez isso é de uma irresponsabilidade enorme. Um absurdo”, diz.

Maurício procurou a polícia e registrou boletim de ocorrência. O caso será investigado pela Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista), que também fará a perícia do suposto alimento envenenado.

Jornal Midiamax