Polícia

Polícia do DF desmonta quadrilha que usava MS como corredor de droga

Traficantes passavam livremente por rodovias de MS

Diego Alves Publicado em 23/06/2015, às 01h59

None
2164.jpg

Traficantes passavam livremente por rodovias de MS

A Polícia Civil do Distrito Federal desarticulou nesta segunda-feira (22) uma quadrilha de tráfico internacional de drogas. Os entorpecentes vinham do Paraguai e chegavam ao Brasil por Mato Grosso do Sul.

De lá, a droga era levada para uma chácara na Cidade Ocidental, município goiano no entorno de Brasília, onde os traficantes faziam a distribuição da droga, que era coordenada de dentro da Cadeia Pública da cidade. Os produtos eram entregues em várias regiões do Distrito Federal.

A operação, batizada de Abstinência, começou há dois meses. As últimas prisões foram feitas no último sábado (20). Ao todo 13 pessoas foram presas e 4 adolescentes apreendidos. O chefe da 11ª Delegacia de Polícia Civil, Victor Dan,diz acreditar que a quadrilha pode ser bem maior.

“Na chácara [no momento da prisão], havia cerca de 20 pessoas. Com a polícia lá dentro, toda hora chegavam mais criminosos, mas a gente não conseguiu vinculá-los a essa associação. Vamos continuar as investigações para ver o vínculo dessas pessoas que chegaram ao local”, disse o delegado.

No sábado, seis pessoas foram presas na chácara de difícil acesso na Cidade Ocidental. A polícia também apreendeu 2 quilos de maconha, 1 quilo de cocaína, R$ 5 mil em espécie, além de armas, celulares e carros.

No local da prisão, havia 2 barris enterrados vazios, mas alguns dias antes, eles estavam cheios com 1 tonelada de maconha, segundo relato dos traficantes.Os presos vão responder por tráfico de drogas e associação ao tráfico. A pena pode chegar a 20 anos de prisão.

Jornal Midiamax