Polícia

Polícia de MT desenterra caminhões que quadrilha com ramificação em MS roubou

Força-tarefa foi montada para desenterrar veículos

Wendy Tonhati Publicado em 24/04/2015, às 21h56

None
img-20150421-wa0000.jpg

Força-tarefa foi montada para desenterrar veículos

A Polícia Civil do Mato Grosso montou uma força-tarefa para retirada de várias partes de carretas e caminhões encontrados em uma área de mata fechada, na cidade de União do Sul. Segundo a polícia, os veículos foram enterrados por uma quadrilha que possuía ramificações no Mato Grosso do Sul.

Desde a última quinta-feira (16), uma equipe de 12 de policiais civis, cinco mateiros, dois mecânicos e dois peritos trabalham na área para retirada dos veículos. No local foram apreendidos um bitrem, um tanque de combustível, um tanque bitem de nove eixos, uma caçamba, um trator, um munck, e a parte traseira de um caminhão usado para transportar madeira. 

A quadrilha é investigada há meses pela Polícia Civil no roubo de caminhões em rodovias no Norte de Mato Grosso. A organização atuava no roubo, furto e adulteração de veículos desde a década de 90. A fazenda matinha um cemitério usado para enterrar ou esconder parte de veículos roubados em vários cantos do Estado.

A quadrilha vendia o cavalo mecânico dos caminhões e carretas e enterrava a parte que não seria revendida ou escondia em meio a mata todo o veículo, para adulteração dos sinais e posterior repasse a receptadores.   

Jornal Midiamax