Polícia

Polícia apura se homem encontrado morto em lagoa foi vítima de assassinato

Suspeita é que indígena teria sido espancado e jogado na lagoa

Midiamax Publicado em 02/11/2015, às 17h23

None
300x225x4-56367820ecfe6d7f12209e9d5bc65edffb579dba13203.jpg

Suspeita é que indígena teria sido espancado e jogado na lagoa

A Polícia Civil apura a morte do indígena Sebastião Irala Duarte, de 61 anos, encontrado sem vida em lagoa no município de Dourados, a 220 quilômetros da Capital, na tarde deste domingo (1°). Apesar de registrado inicialmente como afogamento, a polícia local investiga o caso e suspeita que a vítima tenha sido espancada e jogada no lago.Polícia apura se homem encontrado morto em lagoa foi vítima de assassinato

Pescadores que estavam na lagoa de propriedade rural no Jardim Universitário relataram aos policiais que Sebastião estava reunido com outros indígenas minutos antes de aparecer na lagoa. Os pescadores testemunharam o corpo de Sebastião desaparecer aos poucos nas águas.

Indagados com o ocorrido, eles foram até os indígenas perguntar o que teria acontecido. O grupo teria dito que Sebastião teria se afogado. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas encontrou a vítima já sem vida. Ainda conforme o boletim de ocorrência há relatos de que Sebastião estaria embriagado.

A Polícia Civil evitou dar detalhes sobre a investigação, mas confirmou ao Midiamax nesta segunda-feira (2) que é investigada a hipótese da vítima ter sido espancada e atirada na lagoa. O delegado responsável pelo caso aguarda os laudos para seguir a investigação.

Jornal Midiamax