Polícia

Polícia apreende colete balístico e fecha boca de fumo após rastrear celular roubado

Porções de maconha foram apreendidas

Renata Portela Publicado em 30/09/2015, às 13h14

None
colete_pc.jpg

Porções de maconha foram apreendidas

Equipes do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Campo Grande fecharam uma boca de fumo no Bairro Morada do Sol, após denúncias de tráfico de drogas no local. Além das denúncias, os policiais rastrearam um celular roubado, que estava na casa, localizada na Rua José Maurício.

Segundo informações da assessoria da Polícia Civil, durante investigações para coibir o tráfico de drogas, como forma de reprimir os crimes de furto e roubo, os policiais do SIG foram até a casa suspeita. No local, avistaram Pablo Alves Nogueira, de 22 anos, que saía da residência em uma bicicleta. Ele conseguiu fugir, mas os policiais abordaram Edson Renan de Oliveira Floriano, de 21 anos, que estava na frente da casa.

Dentro da casa ainda havia mais 4 pessoas, que também foram abordadas e submetidas à busca pessoal. Perto da porta da residência, foram encontrados petrechos para preparar e vender a droga. Os policiais também localizaram uma porção de 42 gramas de maconha e um rolo de plástico filme. Com os suspeitos, não foi encontrado nada ilícito, mas um adolescente de 17 anos, irmão de Edson, informou que havia porções de maconha na casa dele, localizada no Los Angeles, bairro vizinho.

Os policiais foram até a residência dos irmãos e encontraram 18,5 gramas de maconha, que foram apreendidas. Ainda no local, encontraram um colete balístico, da marca Tamtex, produto controlado pelo Exército. Edson revelou que o colete pertencia a Pablo Alves e ainda que o suspeito andava armado e cometia roubos pela região com um comparsa, usando também uma motocicleta Factor, 150, vermelha.

Uma adolescente de 15 anos também confirmou os roubos e disse que era namorada de Pablo. Foram apreendidos documentos de várias vítimas dos roubos, como RG (Registro Geral), CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) e Título de Eleitor. Também foi localizado um coldre de couro, que seria usado para Pablo guardar a arma. Os suspeitos foram encaminhados para a delegacia, onde foram autuados. A polícia procura por Pablo, que segue foragido e deve responder pelos roubos.

Jornal Midiamax