Polícia

Padrasto espera ex-mulher sair de casa e estupra menina de 4 anos

Ele foi preso em Aquidauana

Renata Portela Publicado em 26/11/2015, às 13h31

None
delegacia_de_aquidauana.jpg

Ele foi preso em Aquidauana

Um homem de 47 anos foi preso na quarta-feira (25), acusado pela polícia de estuprar a enteada, de 4 anos. Ele foi preso pelo NIIC (Núcleo de Inteligência, Investigações e Capturas) de Aquidauana, a 143 quilômetros da Capital, mediante mandado de prisão.

De acordo com o registro da ocorrência, feito na DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) do município, no dia 23 de setembro a ex-mulher do homem de 47 anos saiu de casa para ir ao mercado e o deixou encarregado de cuidar da enteada, de 4 anos, e do filho que tem com a ex-mulher.

No dia seguinte, familiares da criança relataram à mãe que a menina estava se comportando de forma estranha e andava com dificuldades, de acordo com o site O Pantaneiro. Ainda segundo o relato da mãe, isso fez criar suspeitas de que algo errado havia acontecido no dia 23, quando a filha estava sob cuidado do padrasto.

Questionada pela mãe sobre o que havia ocorrido, a menina apontou para as partes íntimas e disse que o padrasto tinha 'mexido' na região, além de ter ameaçado cortar o órgão genital da criança. A mãe denunciou o caso à polícia e contou que tinha relacionamento conturbado com o ex. Segundo a mulher, ele não aceitava a separação e ameaçava matá-la caso a visse com outro homem.

Equipe de policiais civis foi até a casa do homem, onde ele foi encontrado e preso. No local ainda foram apreendidas duas armas de fogo, um revólver calibre 32 e uma espingarda calibre 36. O preso e o armamento foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana.

Jornal Midiamax