Polícia

Mulher espancada espera companheiro dormir para chamar a polícia

Autor foi conduzido até a delegacia

Thatiana Melo Publicado em 07/10/2015, às 10h58

None
violencia-contra-a-mulher.jpg

Autor foi conduzido até a delegacia

Depois de sofrer várias agressões, uma mulher, 25 anos, esperou que o companheiro, de 23 anos, dormisse para chamar a polícia. A ocorrência aconteceu na cidade de Angélica, distante 261 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher teria sido agredida durante a tarde a noite com chutes, puxões de cabelo e depois o autor teria tentando enforcá-la. A vítima relatou aos policiais que esperou o companheiro dormir para chamar ajuda, já que temia pela sua segurança e de seus filhos.

A vítima foi encaminhada para o hospital. Ainda segundo informações, o autor das agressões teria afirmado para a mulher que ela só sairia morta da residência. Os policiais retornaram a casa do autor pela manhã, quando o conduziram até a delegacia para o registro do boletim de ocorrência lesão corporal dolosa.

Jornal Midiamax