Homem disse aos policiais que não sabia que era falsa

Um motorista foi autuado por falsidade de documento público nesta sexta-feira (8), após ir até o BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito), em Campo Grande, retirar um boletim de ocorrência por conta de um acidente de trânsito. Uma policial verificou que a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) apresentada por ele era falsa. O motorista ficou surpreso com a informação e disse que teria caído em um golpe.

Consta no boletim de ocorrência que o homem foi retirar o documento relacionado a um acidente que aconteceu em 2014. Ele era condutor de um dos veículos envolvidos. No momento da checagem, a militar descobriu que a CNH não constava no sistema do Detran(Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul).

Questionado sobre a origem do documento, o homem relatou que em 2002, teria tirado a habilitação em . Segundo ele, a autoescola foi indicada por um conhecido. Ele negociou com um homem chamado Fábio, pagou R$ 800 pela habilitação, fez aulas práticas, mas que nunca fez exame do Detran e disse ainda que não sabia que a CNH era falsa.

O homem relatou aos policiais que já viajou para vários estados do Brasil e nunca imaginou que a CNH pudesse ser falsa.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro da Capital. 

Saiba Mais