Caso ocorreu em

A morte de um ocorrida no fim da noite de quinta-feira (28) foi registrada como pela DP (Delegacia da Polícia Civil), de Bodoquena, a 260 quilômetros de . O caso ocorreu na Aldeia Alves de Barros, no município de Porto Murtinho, a 454 quilômetros da Capital.

De acordo com testemunhas, o rapaz de 22 anos, que teve o nome preservado, saía de uma igreja acompanhado por amigos, quando foram abordados por funcionários da Sesai (Secretaria Especial da Saúde Indígena), que também tiveram os nomes preservados.

Um deles teria efetuado um disparo de arma de fogo contra a vítima e os demais correndo para pedir socorro. Ao retornaram ao local da abordagem, encontraram apenas o indígena morto. A polícia foi acionada e o caso foi registrado como ‘morte a esclarecer’.

Saiba Mais